terça-feira, 23 de junho de 2009

ASTROFÍSICA



SOBRE O MOVIMENTO DA ATMOSFERA.

A radiação solar e a terrestre são responsáveis pelo movimento da atmosfera sobre o planeta, que também age sobre o movimento das marés e correntes marinha.

Os anéis também possuem translação.

ASTROFÍSICA

SOBRE A UNIFICAÇÃO TOTALIZADORA.

É constatado que a radiação e a temperatura produzidas por interações físicas e trocas de energia são abrangentes a todos os fenômenos.

Desde na radiação, na temperatura, na dilatação, no acréscimo de spin de partículas, nas órbitas e dinâmicas, na ação do Sol e Lua sobre as marés, no aumento de translação quando no periélio, na rotação, no achatamento, no esferificação, na densidade, na evolução e formação dos elementos químicos.

E no surgimento de novas espécies determinadas pela variação de temperatura e gases sobre um planeta.

Assim, as interações e produção de energia são a causa e o efeito de toda natureza materializada, onde a vital, a psíquica orgânica, e a espiritual devem-se incluir o poder vital e divino.

A teoria das interações físicas abre uma única e nova visão de enxergar a natureza materializada, pois, órbitas, dinâmicas, dilatações, produção de energia, evolução e abundancia de elementos químicos, surgimento de novos astros. Tudo está relacionado à intensidade de interações físicas e energia em que se encontra uma partícula ou astro.

A física de interações e produção de energia é onde todos os fenômenos estão interligados na mesma interação que produz uma radiação, também produz a temperatura, a luz, o calor, a formação de átomos e evolução química, e o surgimento de novos astros.

E TRATA A NATUREZA DA MICROFÍSICA, DA COSMOLOGIA, E UNIFICA E ABRANGE TUDO NUM SÓ PACOTE, OU SEJA, UMA SÓ LEI PARA TUDO, E QUE VAI DE ENCONTRO AOS ANSEIOS DA FÍSICA MODERNA.

Outras teorias defendem a inércia, enquanto a da energia e interações físicas defende a dinâmica permanente e infinita. Ou seja, o universo é energia que é e produz dinâmica.

A energia é produção constante e infinita.

A temperatura e radiação do Sol sobre as interações físicas do planeta são os responsáveis pela variação das marés.

SOBRE O OBJETIVO ÚNICO DA TEORIA DA ENERGIA E INTERAÇÕES FÍSICAS.

O objetivo principal e único da teoria da energia e interações físicas é a unificação geral e universal de toda ciência materializada, como a física, química, e biologia, que a ação de interações físicas sobre a temperatura radiação e gases que agem na formação, evolução e formação de novas espécies vegetais e animais.

Considerando também a constituição física e química do ser.

Quando uma partícula é acrescida de temperatura, a sua radiação é mais intensa e mais variada, com mais impulsões e pulsações interna, saltos de elétrons de camadas, instabilidade química, liberação de fótons, etc.

TEORIA DA DINÂMICA DO COSMO. Experiência.

O cosmo possui movimento translacional e rotacional, e o efeito Doppler registrado é uma aparência desta dinâmica, por isto que dá uma aparência de que todos estão se afastando da Terra. Como se nós estivéssemos no centro do cosmo. Se uma pessoa circular uma bola de fogo amarada num fio no escuro, veremos a diferença para o vermelho da luz, como é registrado no efeito Doppler.

O cosmo possui um afastamento, porém é ínfimo, imperceptível, que já foi calculado na [teoria do universo fluxonário] com menos de um metro ao ano para a terra em relação ao Sol.

SOBRE AS ÓRBITAS DOS PLANETAS.

Como já foi visto a inclinação e a excentricidade do planeta depende de energia e interações físicas. Representado por densidade e diâmetro. E a impulsão inicial do astro originador pela radiação, que também foi produzida pela interação física e energia, e o tempo que foi dada esta impulsão inicial, representada pela progressão de afastamento.

SOBRE A TRANSLAÇÃO DOS ASTROS.

Vê-se que cometas passam milhares de vezes mais próximos do Sol, e possuem aproximadamente a mesma velocidade de translação, isto pode ser comparado com o cometa Halley, e outros cometas. Isto prova que a translação e a órbita dos astros têm a haver com a sua origem, energia e as suas interações físicas.

OS PLANETAS E COMETAS NÃO SE PRECIPITAM EM DIREÇÃO AO SOL, E NÃO SE AFASTAM PARALELAMENTE SE ABRINDO EM DIREÇÃO AO INFINITO.

Nenhum comentário:

Postar um comentário