terça-feira, 23 de junho de 2009

CAMPO FOTÕNICO.

CAMPO FOTÕNICO. ancelmo luiz graceli

O fóton de luz produz um campo de alcance curto e intensidade pequeno, e é um campo de feixes descontínuos, podendo ser considerado o menor campo produzido por interações em todo o universo.

O campo fotõnico possui alcance e intensidade mínima [ínfima], e possui atração e repulsão.


FLUXO FOTÔNICO.
E se processa em fluxos com maior e menor intensidade. E maior e menor alcance. Uma quantidade maior, seguida de menores,depois volta a crescer.


PULSOS FOTÔNICO.

A energia como forma de radiação ou como fóton é emitido em pacotes de produção de energia, ou seja, o processo de produção de energia produz a luz, campo fotõnico, radiação, spin, temperatura, velocidade e pulsos dentro da estrutura do fóton.

Existem vários tipos de interações físicas, como de fusões nucleares nas estrelas, nos átomos, nos fótons, nos elétrons, e outros.


UNIFICAÇÃO ENTRE ENERGIA, TEMPERATURA, PRESSÃO INTERNA, DINÂMICA E ÓRBITAS.

As interações acontecem em qualquer condição, independente de acréscimo de temperatura, e é um dos agentes da dinâmica dos astros, átomos, elétrons e fótons, e a temperatura pode aumentar ou diminuir as interações físicas.
As interações físicas produzem também todos os tipos de campos, o gravitacional, eletro-fraco e o fotõnico.

TEMOS AQUI A UNIDADE TOTAL ENTRE A MICROFÍSICA, A ASTRONOMIA E COSMOLOGIA ESTRUTURANTE DA ENERGETICIDADE E RADIAÇÃO GRACELIANA – PUBLICADA NA INTERNET.


DE QUE O AGENTE PRINCIPAL DA DINÂMICA DOS FÓTONS, ELÉTRONS, GASES, ASTROS, E DO COSMO É A ENERGIA E NÃO OS CAMPOS.

[ver na rede revolução graceliana na astronomia].

A matéria se modifica e evolui conforme as interações físicas, energia e temperatura que constitui a sua estrutura.


Assim, as interações físicas, processos de energia estão presentes em todos os fenômenos da matéria, nas variações das camadas e núcleo da Terra, dos astros e do átomo. E os elementos químicos evoluem através das interações de energia, e que os gases alteram a sua constituição física.



COSMOFÍSICA, ASTROFÍSICA E GEOFÍSICA.

O sistema solar possui uma idade bilhões de vezes maiores do que é calculado hoje, pois tem que se calcular cada fase de interações de energia, fissões e fusões em que levou para se formar o astro.

O planeta Terra também passou e passa por fases de energia.
Porem como todos os astros a sua formação estrutural são de fora para dentro, com os elementos e componentes da radiação.



AUTOCOSMO.

O universo é uma máquina em funcionamento, onde ele próprio produz a energia, a estrutura, dinâmica, evolução, interações físicas, órbitas, as variações e mudanças.


UNIVERSO AUTO DINÂMICO.

Logo, o universo não está em inércia, nem em repouso, ele se encontra vivo e produzindo a sua própria existência.

A ENERGIA SURGE ATRAVÉS DO ESPAÇO DENSO, PROCESSA E ESTRUTURA A MATÉRIA POR COMPRESSÃO, FORMA OS ASTROS, QUE SE DESINTEGRAM E VOLTAM A REINTEGRAR-SE, ASSIM, A ENERGIA SURGE E SE DESINTEGRA.

LOGO, ELA NÃO É CONSTANTE. A energia não de conserva. Toda energia se desintegra.

E NÃO EXISTE INÉRCIA, POIS O UNIVERSO É ENERGIA E NÃO EXISTE ENERGIA EM INÉRCIA.

TUDO SE ENCONTRA EM DINÃMICA E SE DESINTEGRANDO, REINTEGRANDO.

ENQUANTO EM OUTROS ESPAÇOS CÓSMICO, OUTRA ENERGIA SURGE DO ESPAÇO DENSO.

ASSIM O UNIVERSO NÃO SE ENCONTRA EM REPOUSO E NEM EM INÉRCIA. E A ENERGIA NÃO SE CONSERVA.

DESINTEGRA-SE E SURGE ATRAVÉS DA COMPRESSÃO DO ESPAÇO DENSO.

[ver na rede teoria do universo fluxonário estruturante e autocosmo].




NA NATUREZA TUDO SE TRANSFORMA, PARTE É DESINTEGRADA [SE PERDE], E TUDO SURGIU A PARTIR DE UM ELEMENTO PRIMORDIAL [SE CRIA]. ASSIM, SE CRIA, SE PERDE E SE TRANSFORMA.
Ancelmo Luiz Graceli.


O SEXTO ESTADO DA MATÉRIA.

O ESPAÇO DENSO - O SEXTO ESTADO DA MATÉRIA.

EM QUE AINDA NÃO SE FORMOU EM ESTRUTURAS DENSAS, SEM ELÉTRONS.

SEM CARGAS. DINÂMICA QUASE EM REPOUSO. SEM PESO. DE TAMANHO ENORME [DE QUILÕMETROS].

SEM FORMATO DEFINIDO. DE BOLHAS.

E PRESSÃO INTERNA ÍNFIMA.






AS INTERAÇÕES FÍSICAS E ENERGIA É QUE DÃO A VITALIDADE AO COSMO, é através da radiação e energia que surgem novos astros, menores e com menor intensidade de interações, energia e radiação.

Assim, se tem que considerar o cosmo como uma estrutura viva, e produzindo a sua própria existência e em auto construção, onde produz a sua energia e a sua estrutura a partir de energia própria de fusões e fissões, logo o universo é vivo e auto dinâmico.



GEOFÍSICA.
As camadas do solo como também a espessura e densidade das mesmas são produtos de interações fisicas, fusões e fissões, e fundição por intensas temperaturas.


GEOFÍSICA DE INTERAÇÕES, GEOGRAFIA, GEOLOGIA.

Nenhum comentário:

Postar um comentário