terça-feira, 23 de junho de 2009


DIFERENÇAS ENTRE O SISTEMA GRACELIANO E O CONTEMPORÂNEO.

G - Cosmologia do universo fluxonário estruturante
Elemento primordial – espaço denso.
Autocosmo.

G -Rotação e translação do cosmo.
Afastamento ínfimo pela impulsão da radiação.

G - Agente de ação do cosmo.
Energia, radiação, temperaturas, rotação.

G - Teorias central.
Energeticidade, radiação, rotação,
Alternancidade, variância, estruturalidade,
Astro-cosmológica. Autocosmo, universo fluxonário
Estruturante.




C- big bang.
C- não tem um elemento primordial formador de todo o resto.
C – expansão.

C – gravitação.

C -teoria da gravitação, relatividade, cordas,
big bang, expansão, onze dimensões, teoria M, espaço curvo, matéria escura. Dimensões curvas.

C-Variável pelo tempo.
C – Usa a distancia e a velocidade da luz para cálculos.




G – o universo não se encontra em expansão, mas sim em rotação, translação e afastamento ínfimo. [ ver teoria do universo fluxonário].

G- Universo estruturante, evolutivo, sem formato curvo. Não se fundamenta em geometria curva,

G- variante pela energia que vai se processando. Autocosmo.

G- Não se fundamenta em referenciais.

G- Encontra unidade na estruturação cosmológica. Onde partículas, energia, astros, elementos, e cosmo forma um só todo. Onde a energia que atua sobre a partícula vai atuar sobre os elementos, os astros e sobre o cosmo.
G – fundamenta a unificação total – da energia ao cosmo.

G – Usa energia, diâmetro, radiação, temperatura, rotação e velocidade equatorial. Para cálculos.

G – uni a cosmologia com a astronomia – o fenômeno que forma o astro é o mesmo que produz a sua dinâmica, a energia e radiação. Que é a energia.

G – Uni também a química – os elementos evoluem e se modificam conforme a intensidade desta energia.

G – a rotação função primordial neste sistema. E não a translação.

G- o astro antes de ser esférico, enquanto se estrutura ele já se encontra em translação.

G- origem e translação acontece ao mesmo tempo.

G – a dinâmica e órbita tem origem pela energia e varia pela desintegração de energia.

G – uni a física, química e a cosmologia.

omentários FÍSICA. TEORIA DA FÍSICA ESTRUTURANTE GRACELIANA.


UNIFICAÇÃO GERAL E TOTAL PELA FÍSICA ESTRUTURANTE GRACELIANA.

FÍSICA DE ENERGETICIDADE E RADIAÇÃO.

SISTEMA FÍSICO PARALELO GRACELIANO.



Autor – ANCELMO LUIZ GRACELI.

Ancelmo00@bol.com.br

Tel. 27- 32167566
Rua Itabira, número 5, Conjunto Itapemirim,
Rosa da Penha, Cariacica, E.S. cep.29140 -269.

Colaborador – Marcio Piter Rangel.

Apresentado ao Brazilian Journal of Physics – Sociedade Brasileira de Física – SBFísica.

À SECT . ES e FAPES . ES. Brasil.

Registrado na Biblioteca Nacional.

DO QUASE NADA TUDO PODE SURGIR – EXCETO DEUS. POIS É O ÚNICO ABSOLUTO.




INTERAÇÕES [ação de energia sobre energia]– PARTÍCULAS – ELEMENTOS – MATÉRIA – ENERGIA – ASTROS – FLUXOS –COSMO.

- Os universos físicos são processos e fases estruturantes na produção de energia, partículas, temperatura, astros e do cosmo. Produzindo fluxos e evolução da matéria, astros e o cosmo.

-A física estruturante forma uma só parte da teoria física, que é o sistema físico paralelo graceliano.


MICROFÍSICA DE INTERAÇÕES, GEOFÍSICA E UNIFICAÇÃO GERAL.


Quando um elétron passa de uma órbita externa para outra, o mesmo emite um fóton de energia, e isto é proveniente da produção de energia, interações físicas e troca de energia que constitui o próprio átomo, sendo o fóton produto das interações fisicas e de temperatura e produção de energia e radiação.



UNIVERSO INTERATÔMICO.

O universo de interações microscópicas é onde campos se projetam, e fótons são emitidos entre órbitas, radiações ocorrem entre órbitas, e a matéria é aumenta o seu processo interno.

Nenhum comentário:

Postar um comentário