terça-feira, 23 de junho de 2009

GEOFÍSICA DE INTERAÇÕES, GEOGRAFIA, GEOLOGIA.

GEOFÍSICA DE INTERAÇÕES, GEOGRAFIA, GEOLOGIA. ancelmo luiz raceli

As camadas, como o núcleo na estrutura do planeta Terra são mantidos por interações de fusões, porem, esta energia de fusões e alta temperatura no centro do planeta são expelidas constantemente para fora, só que o petróleo absorve esta impulsão e radiações.

E com a retirada deste material do interior do planeta, as interações físicas e fusões nucleares espontâneas do núcleo da Terra produzirão as erupções vulcânicas com maior intensidade, os terremotos, e a temperatura tende a aumentar, alterando a temperatura do planeta, mudando os mares e montanhas. Onde plantas tenderão a crescer, surgindo novas espécies de plantas e animais com outras resistências a altas temperaturas.

Porem, o aquecimento global é uma consequencia negativa em curto prazo. Porem para o futuro trarão uma maior condição de vida para o planeta, pois ele demorara mais tempo para se congelar, prolongando a vida sobre o planeta e mantendo o oxigênio por mais tempo.

Vê-se animais como os dinossauros que mudaram de tamanho, outros que desapareceram porque a temperatura do planeta veio diminuindo vagarosamente, e árvores que diminuíram e outras que desapareceram, logo, com a temperatura voltando a aumentar a tendência é surgirem novas árvores e animais e com maior porte e com mais tempo de vida.

Com a temperatura que diminuiu os gases também diminuiram. As montanhas ficaram menos altas, as águas dos mares e oceanos decresceram, e as chuvas também eram mais intensas, e o planeta tinha uma dinâmica maior, os vulcões, terremotos, maremotos, furacões eram maiores, pois a produção de energia era maior.

Assim, aumentando a temperatura os fenômenos passarão por novas fases com maiores intensidades.

A atmosfera e os gases em volta da Terra também variam na sua forma de estrutura conforme a intensidade de interações físicas, energia e temperatura em que se encontram hoje.

TODOS OS ASTROS TENDEM AO ESFRIAMENTO COM A PERCA [PELA DESINTEGRAÇÃO] DE INTENSIDADE DE ENERGIA INTERNA E O AFASTAMENTO DO SOL.

Aonde toda geologia, geofísica e geografia, atmosfera, processos físicos, químicos, botânica, zoologia e ecologia vão se alterando progressivamente.

Só que com a retirada do petróleo o planeta tende a ficar de novo um pouco mais quente, atrasando o seu envelhecimento e retornando as novas produções de processos químicos, físicos e biológicos no astro.

Logo, a retirada do petróleo e o aquecimento do planeta em curto prazo são ruins, mas em longo prazo é ótimo.

Vê-se que animais como os dinossauros e plantas desapareceram por causa da variação de gases da atmosfera, e diminuição de temperatura. E não de um imaginário asteróide sobre o planeta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário